IP

192.168.ll – Login do Roteador Wi-Fi e Definições de IP

As confusões relacionadas à digitação do Protocolo de Internet (192.168.ll no caso) sempre impedem que os internautas configurem o modem ou mesmo o mais moderno dos roteadores.

Infelizmente, essa situação é bem recorrente e é por causa dela que muitas pessoas acabam ligando para o suporte técnico: conversando com elas, os atendentes descobrem que existe um problema na digitação e que é somente por isso que a configuração não é realizada.

O 192.168.ll, por exemplo, é um equívoco bastante visto: de fato, os dois “1” que têm de terminar esse IP costumam ser confundidos com dois “l”.

Por isso, reforça-se: o 192.168.ll, na realidade, é o endereço 192.168.11 e que pode ser empregado para configurar quase todo tipo de distribuidor de Internet.

Utilidade do 192.168.ll e como se realizam as alterações no painel

Reforçando que só existe utilidade para esse Internet Protocol quando ele está corrigido, pode-se fazer diversa mudanças no funcionamento que o roteador apresenta.

Para iniciar, não são muitos os internautas que sabem que não precisam dividir a sua rede wi-fi com todos os que têm senha: na verdade, é possível impedir até que alguns dispositivos visualizem que há um wireless circulando.

Essa é uma configuração importante para a privacidade e que é permitida por meio do 192.168.11. Além disso, definir o proxy e os sistemas de proteção para a navegação também é possível.

Para isso, contudo, os usuários devem ter um navegador, acessá-lo e colocar o endereço certo do IP na barra.

Quando essa “página eletrônica” for aberta, será pedido o login. Se o roteador não for da TP-Link ou de alguma companhia de telefones móveis, é muito provável que o usuário crie esse login.

Porém, se o aparelho for dessas marcas mencionadas, é mais usual que a própria marca dê essa informação: basta procurá-la no manual de instruções e, não localizando, usar o Serviço de Atendimento ao Consumidor.

Vídeo de Configuração Básica

Com o login realizado, os internautas precisam clicar em cada uma das janelas de configuração e observar se, dentro delas, existe alguma característica do roteador que eles precisam personalizar. Quando tiver, eles apenas fazem essas mudanças e clicam depois em “salvar”.

Um ponto vital é configurar o wi-fi, lembrando que ele não vai servir exclusivamente para os dispositivos móveis: mesmo os que vão usar apenas o computador vão precisar dessa conexão.

Uma informação que a página vai requerer é o nome desse wireless: afora isso, nada é obrigatório: estabelecer uma senha, por exemplo, é só se o internauta quiser.

O 192.168.ll permite que se use o “admin”?

Esse IP já alterado permite, sim, que os internautas usem o “admin” se eles não conseguirem usar o seu login. Muitas razões podem justificar esse acesso de emergência, sendo o mais usual o esquecimento.

Esse tipo de login não causa qualquer problema e nem exclui o nome de usuário e a senha que foram esquecidos: para que eles sejam apagados, será preciso fazer um login oficial novo e, para isso, pode-se ter de contatar mais uma vez a companhia que fez o roteador.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.